Confiança do empresário do comércio da Capital tem leve crescimento em julho

Dados do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostram que a confiança do empresário de Campo Grande teve um leve crescimento neste mês de julho. O índice alcançou 113,6 pontos, ante os 113,3 pontos de junho. Em relação ao mês de julho de 2020, há uma variação de 50,3%.

A pesquisa aponta que para 39,5% dos empresários ouvidos a condição atual da economia brasileira melhorou um pouco e para 47,1%, as condições atuais do setor melhoraram um pouco. Sobre a expectativa da economia brasileira, 58,5% acreditam que vai melhorar um pouco e 23%, que vai melhorar muito. Já em relação à expectativa de contratação de funcionários, a maioria (68,2%) pretende melhorar um pouco e 22,7% devem reduzir um pouco.

“Percebemos uma melhora significativa neste ano, em relação a 2020. Muitos fatores influenciam esse aumento na confiança do empresário, como a vacina e a retomada da economia, mesmo que ainda pequena. O percentual em relação ao mês de julho é praticamente estável, mas ainda assim animador, pois percebemos um número bom de investimento na empresa, que está um pouco maior para 46,3% dos entrevistados”, afirma a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS (IPF-MS), Regiane Dedé de Oliveira.

Confira a pesquisa na íntegra: ICEC_Julho