Intenção de consumo das famílias campo-grandenses tem leve aumento em setembro

Pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) aponta um leve aumento na Intenção de Consumo das Famílias (ICF) campo-grandenses em setembro, com 98,5 pontos, em comparação aos  97,7 pontos registrados em agosto. Já em comparação a setembro de 2017 (80 pontos) o aumento é de quase 20 pontos.

Apesar de estar abaixo dos 100 pontos, a pesquisa mostra elevação da confiança, mesmo diante do cenário de incertezas. “Desde o mês de junho deste ano o índice só vem aumentando e isso demonstra que o consumidor está mais confiante em uma melhora da economia, mesmo que ainda tímida e sofrendo os impactos de um período eleitoral”, afirma o presidente do Instituto de Pesquisa da Fecomércio-MS (IPF-MS), Edison Araújo.

A pesquisa apontou que os consumidores estão mais seguros em relação à situação atual do emprego (35,9%) e que a maioria tem uma perspectiva profissional positiva para os próximos seis meses (57,4%). Já em relação a avaliação da renda atual, 41,1% afirmam que está igual ao ano passado.

Dos sete indicadores apurados, cinco apresentaram índices positivos e apenas dois, negativos. O índice maior foi registrado pelo momento para duráveis (6,7%), seguido pela renda atual (3,4%), nível de consumo atual (2,2%), perspectiva de consumo (2,1%) e emprego atual (1%). Compra a prazo (acesso ao crédito) teve o menor índice registrado (- 4,3%), seguido por perspectiva profissional (3,2%).

Fonte: IPF-MS

Confira a pesquisa na íntegra:

ICF CG_Setembro