Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande recebe certificação em excelência sindical

Secretário-executivo do Sindivarejo Campo Grande, Sebastião da Conceição, e o vice-presidente da Fecomércio, José Alcides Santos

O Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande foi uma das dezessete instituições certificadas pelo SEGS – Serviço de Excelência em Gestão Sindical – ciclo 2017. A reunião foi nesta sexta-feira (15/12) em Campo Grande e contou com a presença de presidentes de sindicatos e executivos. Para o presidente do Sindivarejo Campo Grande, Edison Araújo, que também preside o Sistema Comércio MS, é o momento de novos desafios. “Alcançarmos a certificação é a prova que estamos no caminho certo para fortalecer a representatividade e nos motiva a melhorar a gestão sindical”. Mato Grosso do Sul aderiu ao SEGS desde o início da implantação pela CNC, sempre com constância de propósitos e ações”, afirmou Edison.

Os sindicatos certificados são instituições que, no decorrer do ano, participaram de capacitações que fortalecem a gestão sindical.  O SEGS é um programa que alinha as práticas de gestão sindical entre integrantes do Sistema Sicomércio, CNC e as Federações do Comércio e os sindicatos da sua base. Além de contribuir para a maturidade de Federações e Sindicatos nos aspectos como associativismo e serviços oferecidos aos empresários do comércio, o programa capacita líderes e executivos sindicais para melhor atuarem em prol dos interesses das empresas. Para desenvolver a excelência na administração, as entidades filiadas ao Sicomércio devem atender aos aos critérios de avaliação do programa, elaborados com base nos quesitos estabelecidos pelo Prêmio Nacional de Qualidade (PNQ).

O sistema de gestão sindical é de extrema importância para a alavancagem dos indicadores dos sindicatos. Em 2018, novos desafios serão propostos aos sindicatos do comércio. Uma das ações é a realização do 34º. Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais (CNSE) em maio na cidade de Bonito, onde são aguardadas mais de mil pessoas. O evento é uma realização do Sindivarejo Campo Grande e parceiros. “Será o momento único de discutirmos como iremos proceder diante das inovações que a reforma trabalhista impõe às lideranças sindicais e também às empresas”, afirma Edison.