Caged indica aumento na oferta de empregos em Campo Grande

Dados do Caged de setembro indicam crescimento do número de vagas de emprego em Campo Grande, onde foram criados 1.460 novos postos de trabalho, um aumento de 0,70%, se comparado ao saldo do mês de agosto. Foram mais de 9.800 admissões, tendo no segmento de Serviços o maior número de admitidos, setor este que apresentou saldo de 730 novos postos de emprego, seguido pelo setor do Comércio, com saldo de 516 postos.

No saldo acumulado do ano (janeiro a setembro), a Capital apresenta um bom resultado no cenário econômico e de geração de emprego. Considerando o saldo de estoque de emprego de 2020, Campo Grande avançou 6,58% no percentual de variação de criação de postos de emprego, tendo como saldo acumulado destes últimos nove meses o total de 13.000 novos postos.

Se compararmos os índices individuais por percentual (%) de esforços para o desenvolvimento do mercado de trabalho de cada Capital, índice que correlaciona a variação entre o saldo acumulado atual com o estoque do ano anterior, Campo Grande ocupa a sexta posição. “Esses números são expressivos e nos fazem crer que que para esse final de ano teremos resultados ainda melhores, a se considerar as contratações temporárias”, explicou o diretor da Funsat, Luciano Martins.

O observatório da Fundação Social Do Trabalho (Funsat) registrou 17.731 atendimentos de janeiro a setembro, com 3.754 novos trabalhadores inscritos e 1.928 cartas de encaminhamento emitidas em setembro.  A Funsat também emitiu 526 carteiras de trabalho. De janeiro a setembro a Funsat atendeu 339 pessoas com deficiência encaminhou 297  ao mercado de trabalho.

Fonte: Prefeitura de Campo Grande