Escolha do regime tributário mais apropriado ao negócio, uso da tecnologia e capacitação profissional são imprescindíveis para reduzir a carga de impostos.
Começa a valer, a partir de sábado (1º), primeiro dia do ano de 2022, o novo valor do salário mínimo no Brasil, que passa a ser de R$ 1.212 por mês. A mudança foi oficializada por meio de uma medida provisória (MP), assinada pelo presidente Jair Bolsonaro.
Em geral, nenhum lojista é obrigado a trocar uma mercadoria porque o cliente não gostou, o tamanho não serviu, a cor não agradou, ou porque o produto comprado não era o esperado.
A Câmara dos Deputados aprovou na última quinta-feira (16) o Projeto de Lei Complementar (PLP) 46/21, que cria um novo programa de parcelamento de dívidas de micro e pequenas empresas participantes do Simples Nacional, inclusive os microempreendedores individuais (MEI) e as empresas em recuperação judicial. A proposta será enviada à sanção presidencial.
Com a proximidade das festas de final de ano, a Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) esclarece o funcionamento dos bancos no período. No dia 24/12 (sexta-feira), as agências bancárias abrem para atendimento ao público em horário especial:   O último dia útil do ano para atendimento ao público, com expediente normal para a realização de
As vendas nos shoppings no Natal de 2021 devem ter uma alta nominal de 16% na comparação com 2020, chegando a R$ 5,6 bilhões.
A confiança do empresário do comércio de Campo Grande avançou novamente neste mês de dezembro, segundo o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), apurado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O indicador aumentou 3,7% em relação ao mês anterior, chegando a 129,3 pontos.
A autorização de funcionamento vale também para o próximo domingo, 19 de dezembro, quando o comércio tem autorização para atender das 9 horas às 18 horas.
Os empreendedores devem ficar atentos para não perderem prazos importantes na gestão dos negócios. Declarações precisam ser entregues pelos optantes do Simples Nacional e pelo MEI até o final do ano.
A taxa de sobrevivência das empresas optantes do Simples Nacional é o dobro da verificada entre as não optantes, de acordo com estudo elaborado pelo Sebrae com base em dados da Receita Federal e pesquisa de campo com empreendedores.