Comércio da Capital gerou 41,7% dos empregos com carteira assinada em agosto

No mês de agosto, o comércio gerou 41,7% dos novos empregos com carteiras assinadas de Campo Grande, conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). A diferença entre admitidos e demitidos no setor foi de 96 trabalhadores enquanto o saldo geral foi de 230 vagas.

“É uma tendência de recuperação dos empregos, que se iniciou nos meses anteriores, intensificou-se em julho e agora mostra um cenário mais otimista. É um momento muito importante porque o segundo semestre do ano é marcada por contratações de temporários, alguns já começam por conta do Dia das Crianças e temos também o Natal, que é a data mais esperada pelo comércio” diz o presidente do IPF-MS, Edison Araújo, que também preside o Sindivarejo-CG.

Edison lembra que os resultados positivos ocorrem mesmo diante das obras do Reviva Centro e que a pesquisa sazonal do Dia das Crianças apontou que 79% dos consumidores pretendem comprar seus presentes nas lojas do centro, em busca, principalmente, de bons preços. A expectativa é otimista também para o Natal, uma vez que as obras, possivelmente, não estarão ocorrendo no período (de acordo com o cronograma da Prefeitura).