Em parceria com Sebrae/MS, governo lança Jucems Digital

Lançada a Jucems Digital que marca o processamento de informações disponibilizadas e consolidadas pela Junta Comercial de Mato Grosso do Sul. O sistema utiliza plataforma 100% eletrônica, por meio de entrega de arquivos de documentos online e segurança por meio de certificação digital. A cerimônia ocorreu nesta segunda-feira, na sede da Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), com a presença de autoridades e gestores do setor produto do Estado.

Neste processo foi eliminada a entrega de documentação em meio físico, dando uma economia de tempo e custos. “O empresário e o contador irão ganhar tempo, sem ter que ir e vir entre os órgãos, por que tudo será feito e informado pelo sistema on-line”, explica o Diretor-Presidente da Jucems, Augusto César de Castro. “O Governo do Estado lança a Jucems Digital cumprindo com o compromisso e metas estabelecidas para dar mais eficiência ao setor produtivo”.

O Sebrae/MS foi parceiro do projeto por meio de consultorias e apoio técnico. “É um trabalho que está sendo feito em parceria há mais de três anos, por meio de ações com a Redesimples. Queremos facilitar a vida dos donos de pequenos negócios, desburocratizando processos e fazendo com que a abertura de empresa seja fácil e rápida”, afirma o Diretor Superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça. Atualmente o Redesimples está presente em 31 municípios, podendo alcançar mais por meio de parcerias e projetos.

“Nossa parceria com as Federações, Sebrae e outras entidades vem dando resultado, dando ganho de competividade ao Mato Grosso do Sul e às empresas do Estado que impactam no crescimento do nosso PIB”, frisou o Governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja.

Para o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS e da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio-MS), Edison Araújo, a Jucems Digital permite que a abertura de empresas seja desburocratizada dando mais eficiências aos negócios que aportam em Mato Grosso do Sul. “A Federação apoia como entidade do setor produtivo, alinhando inclusive a comercialização de certificação digital, pois entendemos que estes processos eletrônicos devem atender o setor que fomenta a economia, com segurança jurídica e compromisso”, completa.