Empresários estão confiantes com a própria empresa, apesar do cenário do setor, afirma pesquisa da CNC

O ICEC (Índice de Confiança dos Empresários do Comércio) em Campo Grande ficou em 107,4 no mês de agosto, aponta a pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) divulgada nesta quarta-feira (29/08). Apesar de ainda estar na chamada zona positiva, o índice recuou em relação ao mês anterior (quando foi de 110,2) e é menor que o registrado no mesmo mês no ano passado, quando era de 112,9.

Na concepção do presidente do Sistema Fecomércio MS, Edison Araújo, mesmo tendo sofrido uma redução, o índice de confiança dos empresários do comércio pode ser revertido para o próximo mês, em virtude do Estado ter despontado alguns indicadores favoráveis nas últimas semanas. “Observamos a melhora na intenção do consumo e, um dos motivos, foi que o saldo de empregos melhorou significativamente, sendo que MS registrou mais admissões que demissões no setor terciário, como apontou a última pesquisa do CAGED, de julho. A liberação do 13º e a proximidade do melhor período de vendas para o comércio – Dia das Crianças e Natal – também favorece a reversão desse índice para o próximo mês”.

A pesquisa detectou ainda que os empresários estão confiantes no que diz respeito às condições atuais da empresa: para 41,7% estão melhores que em relação ao mês passado e para 54,7% a expectativa é de que essa tendência continue,  havendo, inclusive para 55,6% dos entrevistados, a possibilidade de mais contratação nos próximos meses.

A pesquisa do Índice de Confiança do Empresário do Comércio tem como objetivo produzir um indicador com capacidade de medir a percepção dos empresários do comércio em relação ao nível atual e futuro de propensão a investir em curto e médio prazo. O índice 100 demarca a fronteira entre a avaliação de insatisfação e de satisfação dos empresários do comércio: abaixo de 100 pontos diz respeito à situação de pessimismo enquanto acima de 100 encontra-se a situação de otimismo.

Confira a pesquisa na íntegra, no anexo.

ICEC AGO 2018

Fonte: IPF/ MS