Mercado de TI tem alta demanda e alunos de curso técnico são encaminhados para estágio

Com crescimento exponencial, o mercado de Tecnologia Da Informação (TI) brasileiro enfrenta um gap com demanda média anual de 159 mil profissionais, ao passo em que apenas 53 mil pessoas são formadas por ano, conforme aponta estudo da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais (Brasscom). Um cenário que reserva as melhores oportunidades a profissionais com formação de qualidade e assertividade na valorização das potencialidades individuais.

No curso de Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, do programa Fábrica de Software do Senac, alunos encaminhados para estágio vislumbram oportunidade de desenvolvimento profissional. Kennia Fernandes Barbosa, que tem formação na área contábil, conta que estudava para concurso quando a pandemia desenhou um novo cenário. “Surgiu a oportunidade de fazer o curso da Fábrica de Software e achei uma boa”. Ao ingressar no curso, Kennia relata que a primeira percepção foi sobre as várias possibilidades de área de atuação, por isso mesmo a qualidade e a grade do curso fazem toda a diferença no processo de formação.  “Além das linguagens, temos no curso as gestões de projetos e quesitos que são utilizados nas empresas. Agora com o estágio, temos excelente oportunidade de vivenciar o que aprendemos também na prática, por meio dos projetos integradores”.

Apaixonado pela área de TI, Anderson Sales, que chegou a fazer curso superior de Arquitetura, relata a importância do incentivo para o desenvolvimento de competências e valorização de capacidades individuais. “A TI é imensa, dentro da área de programação existem dezenas e sempre vamos nos aproximar de uma ou outra. Aqui dentro do curso sempre somos incentivados a ir atrás dos nossos projetos”. Satisfeito com a oportunidade de estágio, Anderson enfatiza, ainda, o apoio da instituição, por meio da flexibilização de turno de aulas.

Mateus Borges, que também foi encaminhado para o estágio, tem uma trajetória diferente, já tendo iniciado um curso superior na área de TI e enfatiza a prática ao longo do curso como ponto alto da formação.

A Fábrica de Software conta hoje com sete empresas parceiras no programa de estágio e segue em prospecção.  A docente responsável, Enilda Mendes, explica que dentro do curso são ofertadas várias possibilidades no campo da TI e o direcionamento ao estágio contempla as áreas de melhor desenvolvimento dos alunos, sem desprezar, no entanto, o aprendizado de outros conteúdos. Outro ponto observado é se o aluno está preparado para a experiência, de forma a não gerar frustração ou desencorajamento. “O mercado de trabalho está seguindo uma tendência de fragmentação por especialidade e a gente procura mostrar todas as possibilidades, mas se o aluno se identifica mais com uma delas, ele pode focar”.

A Fábrica de Sotfware do Senac já formou 110 alunos em oito turmas e atualmente outros cinquentas frequentam as aulas, com uma carga total de 1.200 horas.

Programa – A Fábrica de Software é um projeto que busca a inovação e a interação contínua entre teoria e prática, subsidiando os alunos na aplicação real dos conceitos aprendidos em sala de aula. Visa ainda simular o ambiente de uma empresa de desenvolvimento de softwares, criando uma ferramenta de gestão para micro e pequenas empresas, preparando mão de obra especializada para o mercado de desenvolvimento de sistemas.

Saiba mais no site https://www.ms.senac.br/