Páscoa movimentará R$ 37,86 milhões em Campo Grande, aponta pesquisa do IPF MS

Pesquisa do IPF MS em parceria com o Sebrae MS aponta que o período da Páscoa em Campo Grande irá movimentar R$ 37,86 milhões, 22,6% a mais do que o ano passado. O gasto médio por presente será de R$ 80,62, valor abaixo do ano passado. “No entanto, a pesquisa registra que um percentual maior de pessoas deve ir às compras (81,88%) de algum artigo de chocolate. Quanto às comemorações, os valores são – respectivamente – de R$ 102,77 e 45,88%”, afirma a economista do IPF MS, Daniela Dias. “Fatores como melhora na intenção de consumo das famílias, aumento do índice de confiança do empresário, evolução do saldo de emprego e melhores perspectivas econômicas colaboraram com o otimismo”.

De acordo com o levantamento, a maioria das pessoas  (31,77%) irá adquirir apenas um presente pascal, sendo que filhos (26,52%), mães (17,81%) e namorados(as) (17,21% são os mais beneficiados.

Lojas do Centro e supermercados são os locais onde mais efetivarão as compras (44,6% e 33,7%, respectivamente), seguido pelas lojas dos bairros (13,9%). “Por esse motivo, recomendamos que o comerciante esteja preparado com troco, já que 86,64% dos pesquisados informaram que farão uso de dinheiro. Qualidade (44,54%), preço (25,63%) e atendimento (11,76%) são os requisitos que serão levados em conta na hora da escolha do produto.

Quanto às comemorações, 45,88% dos campo-grandenses pretendem fazer algum tipo de comemoração durante o período de Páscoa. A alimentação em casa será priorizada por 31,3% dos entrevistados e, na mesa, a opção será o peixe, segundo 32,65% dos entrevistados. Pintado (31,51%), Pacu (32,19%), Bacalhau (15,79%) e algum tipo de bebidas (21, 32%), principalmente cervejas e refrigerantes constarão do cardápio, de acordo com a pesquisa. Para 13,61% dos entrevistados, o domingo de Páscoa terá churrasco.

A pesquisa foi realizada com 384 pessoas em idade economicamente ativa entre os dias 21 de fevereiro e 11 de março.

Confira  a pesquisa completa aqui: