Pesquisa do Dia das Crianças em Campo Grande mostra perfil dos consumidores

Pesquisa para o período de vendas para o Dia das Crianças em Campo Grande mostra que o comércio vai receber um montante de R$ 39,49 milhões, redução de 36% em relação a 2020. Desse total, R$ 21,79 milhões serão com brinquedos e R$ 17,59 milhões serão com comemorações. O valor médio do presente será de R$ 105,70 e o valor médio gasto com celebrações será de R$ 129,79. O levantamento é realizado pelo IPF MS e pelo Sebrae MS, com apoio da Fecomércio MS e do Sindicato do Comércio Varejista de Campo Grande.

Entre as pessoas que vão presentear, 43,2% afirmam que vão comprar roupas e 35,8%, brinquedos. Entre as que não vão presentear, 43,8% é porque não tem a quem comprar e 21,4% estão com receio de fazer gastos. Desconto para pagamento à vista (36,8%), atendimento (26%) e adoção de medidas sanitárias (16,6%) são fatores que decidirão a compra.

“Na pesquisa da capital, há esse diferencial: o terceiro item que vai pesar na decisão de compra é a adoção de medidas sanitária. Por isso, o empresário precisa criar estratégias que atendam esse consumidor: dar descontos e mostrar quais são os critérios adotados, seja por redes sociais, seja pela lista do whatts App e outras formas de divulgação”, explica a economista do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio (IPF MS), Regiane Dedé de Oliveira.

Para a economista do Sebrae, Vanessa Schmidt, o empresário vai disputar a atenção do consumidor. “É importante que o empresário combine com seu fornecedor para que não seja necessário fazer um estoque grande, mas que seja possível repor o produto com a agilidade necessária ao período, pois 79% afirmam que vão comprar em lojas físicas”.

A pesquisa foi realizada no período de 16 de agosto a 3 de setembro com 400 pessoas economicamente ativas.

Veja a pesquisa completa aqui: INTENÇÃO DE CONSUMO E DE COMEMORAÇÃO DOS RESIDENTES DE CAMPO GRANDE 2021 (4)