Setor de serviços recua em novembro após 3 meses de alta em MS

A PMS (Pesquisa Mensal de Serviços) referente ao mês de novembro mostra que o setor de serviços em Mato Grosso do Sul recuou 4,5% em comparação ao mês de outubro de 2020, ainda sob efeito da pandemia de covid-19. Primeira taxa negativa após três meses em alta. Em relação a novembro de 2019 a variação foi de 3,4%.

Na somatória dos últimos 12 meses, o setor teve variação positiva de 0,3%, conforme o levantamento divulgado nesta quinta-feira (14) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Se enquadram como atividades do setor serviços hotéis e similares, serviços ambulantes de alimentação, parques de diversão, eventos esportivos, lavanderias e similares, cabeleireiros, barbeiros, ensino de idioma, telecomunicações, atividades de produção cinematográfica, atividades de rádio e TV, edição de livros, jornais e revistas, serviços de arquitetura e engenharia, transporte por táxi, coletivo, escolar e turístico.

á no comparativo nacional houve aumento de 2,62% em comparação com outubro, esta é a sexta taxa positiva seguida no reajuste sazonal, gerando um ganho acumulado de 19,2% . No entanto em relação a novembro de 2019 houve recuo de 4,8% e no acumulado anual a queda foi de 8,3% comparando 2020 com o ano anterior.

Fonte e foto: CGNEWS