Após reunião com Sindivarejo, Fecomércio MS e representantes de óticas, parlamentar apresenta projeto que torna o setor como serviço essencial

Após reunião com empresários do setor de óticas, juntamente com representantes da Fecomércio MS e do Sindivarejo de Campo Grande, o vereador Clodoilson Pires apresentou o projeto de lei que torna as óticas como prestadoras de serviços essenciais em Campo Grande, durante a pandemia da Covid-19.

Na reunião, os representantes das óticas e o Sindicato explicaram sobre a importância e a necessidade de incluírem os serviços oferecidos pelo setor como essencial, por entenderem que exercem atividades relacionadas diretamente à saúde da população, já que atuam na produção de lentes e aviação de receitas médicas, respeitados os protocolos de biossegurança.

Os representantes do segmento apontaram que o movimento (de inclusão na lista de funções essenciais) já acontece em outros municípios do país, haja vista o reconhecimento dos produtos comercializados nas óticas como essenciais pela Anvisa- Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

O projeto ainda será analisado pelas comissões da Câmara e passará pela aprovação dos vereadores, em plenário, em duas votações, antes de ser encaminhado para sanção do prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad.