Com ampla cobertura vacinal, quem pode sair fortalecida é a economia de Campo Grande, diz Fecomércio

Campo Grande atingiu esta semana a marca de 1 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19, com 67,12% da população com – pelo menos – a primeira dose. Pessoas com o esquema vacinal completo já somam 43,33%. Os dados são do “Vacinômetro” e colocam a Cidade Morena como referência nacional de vacinação contra o vírus.

Para o presidente do Sistema Comércio, Edison Araújo, os números são altamente animadores para o setor produtivo, pois indicam que teremos um final de ano mais otimista tanto para empresários quanto para consumidores. “Pesquisas realizadas na capital indicam melhora progressiva, como a do Índice de Confiança do Empresário que mostra três meses consecutivos, bem como a do Índice de Consumo das Famílias, que também registra bons índices no último trimestre. São indicadores que já atrelávamos ao avanço da vacinação, às medidas de biossegurança adotadas por nossos empresários. Então, acreditamos que nossa cidade caminha para a volta do fortalecimento econômico”, diz Edison.

Sobre a vacinação – Campo Grande atingiu na tarde desta terça-feira (24) a marca de 1 milhão de doses de vacinas contra a Covid-19 aplicadas desde o início da campanha de vacinação. Até o momento, 608.206 pessoas receberam a primeira dose, o que representa 67.12% de toda a população da Capital.  O total de campo-grandenses com esquema vacinal completo, ou seja, que tomaram duas doses ou a dose única, é 43.33%, aproximadamente 392,6 mil pessoas, conforme dados parciais do “Vacinômetro”. Campo Grande se mantém como a Capital com maior cobertura vacinal do País.

De acordo com a Prefeitura Municipal, as doses são distribuídas assim que chegam ao município e liberadas pelo Estado em um esforço coletivo que envolve servidores da saúde, segurança, tecnologia, acadêmicos e instituições como a Cassems, FIEMS, UCDB e o Exército Brasileiro, “que apoiam, seja no efetivo ou na disponibilização de espaços para vacinação”, destaca o secretário municipal de Saúde, José Mauro Filho.

Hoje, com a maior cobertura vacinal do País, Campo Grande é reconhecida nacionalmente como referência na vacinação contra a Covid-19. O planejamento, organização e estratégias adotadas pela Capital desde o início da vacinação fizeram toda a diferença para o êxito do processo.

Campo Grande conta com mais de 60 pontos de imunização espalhados pelas sete regiões urbanas e distritos, incluindo quatro drives (Ayrton Senna, Albano Franco, Cassems e UCDB), três polos (Guanandizão, Seleta e IMPCG), além das unidades de saúde, tendo a capacidade operacional instalada para vacinar até 20 mil pessoas por dia.

 

Com informações: Prefeitura Municipal CG

Foto: Unsplash