Perspectivas mais favoráveis para o consumo elevam indicador da CNC

ICF DEZEMBRO A Intenção de Consumo das Famílias Campo-grandenses (ICF)  registrou em dezembro, o maior indicador do ano  de 2017: 82,1. A pesquisa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Antes, o maior indicador foi registrado em março, quando esteve em 80,6 pontos.

O indicativo que puxou o número para cima foi registrado entre famílias com renda até 10 salários mínimos: 81,4, sendo essa também a melhor pontuação registrada no ano. Entre as famílias com renda acima de 10 salários, o indicador também registrou aumento: de 78 para 85,9.

Melhor percepção sobre a carreira e perspectivas favoráveis para o consumo são os fatores que elevaram o ICF na capital. “Nossas pesquisas estão mostrando que o momento está mais favorável para as famílias e isso impacta diretamente no consumo. Vale ressaltar ainda, que tradicionalmente o mês de dezembro é marcado por um índice mais elevado na comparação a outros meses, em função do comportamento do consumidor, diante de um período de confraternização e de compra de presentes ”, explica o presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio-MS, Edison Araújo.

Informações: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio (IPF MS)

Confira a pesquisa completa clicando aqui.