Pesquisa mostra como o consumidor da capital irá usar o 13º. Salário

Pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio (IPF MS) e Sebrae MS mostra que 26,81% dos entrevistados vão receber o 13º. Salário. Foram aplicados 276 questionários entre os dias 13 e 24 de novembro.

Segundo o resultado, o pagamento de contas em atraso (34,51%), poupança (33,63%) e comemorações de final de ano (8,85%) serão as principais utilidades desse benefício.

“Vale lembrar que o pagamento de contas em atraso e de despesas de início de ano amenizam o índice de inadimplência que, em Campo Grande, está em torno de 17%, conforme dados da CNC”, explica o presidente do IPF, Edison Araújo, que também é presidente do Sindivarejo Campo Grande. “É a oportunidade dos empresários resgatarem parte da receita e melhorar o caixa neste fim de ano”.